O cansativo e repetitivo problema

Ora, estamos diante das últimas rodadas do brasileirão, quem vê a classificação hoje entende o quão ela dói em nós gremistas.

O Grêmio, como sempre, erra na estratégia do campeonato de pontos corridos. Reservas e/ou displicência em jogos fáceis e titulares em jogos difíceis. Como se vencer o Grenal não nos desse os mesmos 3 pontos do jogo contra o Ceará na segunda rodada. Todo mundo repete esses mantras há anos, mas sempre que chega a hora nada acontece, se repete o mesmo e cansativo erro. Não é essa gestão e esse técnico, é sempre! Talvez com exceção de 2008, quando perdemos por incompetência do time, o GRÊMIO desperdiça chances de ser campeão brasileiro por estratégia equivocada, eu acho.

Sou fã das copas, prefiro-as também. Tem mais gosto vencer no mata-mata que no ponto corrido, para mim ao menos. Mas ver a oportunidade se esvaindo entre os dedos por menosprezar ou não identificar as chances… cansa.

Já escrevi e falei diversas vezes que o nosso problema como futebol é que administramos de forma amadora e queremos resultados profissionais. Ser profissional não é só receber salário para fazer algo.

Não pensem que quero a troca de comando no GRÊMIO, acredito que estejamos com uma das melhores administrações que o clube já teve, mas precisamos de alguns ajustes para chegar ao real potencial.

Por hoje era isso.


Anderson Kegler

MBG Drops #67

Feitoriaaaa!

Ano novo, futebol velho. MBG Drops da semana chegando com Fane Webber num MONÓLOGO de qualidade.

Na pauta os dois jogos iniciais do ano pelo Brasileirão. Vitória contra o Bahia e empate contra o Fortaleza. Comentários de Gabriel Pinto e Anderson Kegler.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG neste 2021.

MBG Drops #66

Feitoria!!

Fane Webber traz para os ouvintes aquele comentário semanal curto e grosso. Na pauta de hoje o último jogo do ano pelo Campeonato Brasileiro na vitória contra o Atletico GO, a volta de Alisson e as estreias de Ruan e Vanderson no elenco principal.

Nos comentários Anderson Kegler, Felipe Nabinger e Fernando Risch deixam seus pitacos embasados e coerentes.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #65

Feitoria!!

Drops da semana chegando com Fane Webber para falar de Brasileirão, o empate contra o Goiás e mais uma partida de invencibilidade.

Os comentaristas Feg Risch, Gabriel Pinto, Diovan Charão e Anderson Kegler deixam seus pitacos também sobre a Libertadores. O empate frustrante na Arena e o jogo decisivo na Vila Belmiro estão na pauta.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #64

Feitoria!!

Drops da semana chegando para falar do Grêmio INVICTO há muito tempo que nem lembro mais.

Fane Webber, Anderson Kegler e João Hernandez deixam seus pitacos sobre mais uma vitória tricolor no Brasileirão, o G4, a malemolência do meio campo e as expectativas para as quartas-de-final da Libertadores contra o Santos.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #62

Feitoria!!

Drops da semana chegando com Fane Webber no comando trazendo os pitacos embasados sobre o tricolor. Ainda os comentários de Anderson Kegler, Diego Ferraz, Gabriel Pinto e Feg Risch.

Na pauta o Brasileirão, a sequência de vitórias interrompidas, corneta no Renato, a estreia de Pinares e a expectativa para a Libertadores.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #61

Feitoria!!

MBG chegando na semana com Fane Webber comandando o programa recheado de vitórias e alegrias.

Diovan Charão e Bruno Dornelles deixam os pitacos sobre a sequência de DECOLAGEM do tricolor no Brasileirão e também na Copa do Brasil.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #60

Feitoria!!

Drops da semana trazendo assuntos atualizadíssimos do tricolor. Fane Webber comanda o programa que traz Diovan Charão, Anderson Kegler, Gabriel Pinto e Rodrigo de Azevedo nos comentários.

Na pauta o Brasileirão, a DECOLAGEM tricolor, a Copa do Brasil e o confronto contra o Cuiabá pelas quartas-de-final.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #59

Feitoria!!

Drops da semana chegando com Fane Webber, Gabriel Pinto e Anderson Kegler.

Na pauta a análise embasada sobre o Campeonato Brasileiro, o empate contra o São Paulo e a arbitragem esquisita no jogo.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #58

Feitoria!!

Drops da semana chegando com Fane Webber trazendo a pauta do Brasileirão e os desempenhos constragendores da equipe Gremista.

Gabriel Pinto e Anderson Kegler comentam o futebol e a metereologia bahiana, respectivamente.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG

Nem Cavani salvaria o Grêmio

O Grêmio vive momentos complicados.

Complicados é um eufemismo, porque tem gente que queira adjetivar de forma mais dura.

O Grêmio, que entrou em campo e perdeu para o Sport em uma partida com Thiago Neves titular. E depois, com detalhes do contrato revelados ao público, o Grêmio teve seu presidente demitindo o atleta. Criando duas preocupantes dúvidas em nós torcedores: Será que o presidente não sabia do contrato que assinou? Será que o Grêmio julga esse sendo o único problema do clube?

Logo após fomos tomados por uma euforia insana de ter o centroavante uruguaio Cavani vestindo a camisa tricolor. Somos torcedores, somos passionais e somos irracionais. Muitos sabem ser praticamente impossível que o milagre ocorra, mas deixam-se iludir pela ideia apenas para ter no coração a esperança de tempos melhores.

A situação gremista é tão particular, a realidade é tão desanimadora, que preferimos acreditar no impossível. Porque só assim para fazer a realidade ser menos dura.

Sem Cavani e nem Thiago Neves, enfrentamos o Atlético Goianiense. 

Sem organização e sem futebol, levamos gol. Com um brilho de genialidade é que fizemos um gol. Isaque não é Cavani, mas é nosso. Matheus Henrique, que está sendo criticado, é nosso. Jean Pyerre, que vem sofrendo com perseguições, também é nosso.

Nosso caminho deveria ser pavimentado pensando no nosso futuro e nosso futuro é a base.

Nem Cavani ajudaria o Grêmio neste momento. Nosso milagre não seria capaz de fazer milagres para arrumar os problemas táticos que o Grêmio vem apresentando. Cavani não traria o futebol bonito e eficiente esquecido pelos jogadores e técnico. A bola não deixaria de ser rifada, as linhas defensivas não ficariam magicamente organizadas… 

Mesmo Cavani precisaria de um time para jogar. E o Grêmio pode parecer tudo, mas neste momento não se comporta como time.


Fane Webber

MBG Analisa – Quem escreve certo por linhas tortas?

Saudações tricolores.

No MBG Analisa de hoje vamos falar da derrota pro Sport ontem na Arena e também das #guriasgremistas no Brasileirão Feminino.


O Grêmio ontem jogou contra o Sport na Arena e deu tudo errado. Logo no início da partida o Sport abriu o placar e a gente já pode ver alguns dos sérios problemas que o time vem carregando desde o ano passado:  A BAGUNÇA DEFENSIVA.

Nas imagem abaixo, antes do Luciano JUBA, lateral do Sport, receber a bola, a defesa do Grêmio está completamente desalinhada, deixando quatro BURACOS que o Sport poderia explorar no campo de ataque.

Quando o Luciano Juba então recebe o passe e entrega a bola para Betinho, jogador do Sport que se movimenta e recebe exatamente em um dos espaços deixados pelo Grêmio.

A essa altura a linha defensiva estava torta, com o Everton CEBOLÃO saindo e não acompanhando o Patric e o Cortez sem tempo de reação para chegar no lateral adversário. Além disso, a linha de meias nao fazia pressão o suficiente na marcação, que permitiu que o jogador do Sport percebesse o movimento do lateral e fizesse o lançamento na medida para o gol.

A imagem abaixo mostra como a defesa estava mal organizada, com a linhas defensivas fora do lugar, permitindo espaço pro gol acontecer.

Pegamos essa mesma imagem e fizemos uma “montagem” do que talvez seria o melhor alinhamento para que a defesa não ficasse exposta. Confira abaixo.

Num posicionamento ideal, a linha dos quatro defensores estaria mais avançada, mais ou menos na posição onde o Orejuela sai para dar o combate. Assim, os dois jogadores do Sport que estao avançados, inclusive o Patrick, estariam impedidos, na melhor das hipóteses.

Nessa montagem que fizemos (imagem acima), com a defesa avançada, os meias também estariam pressionando mais o adversário e muito provavelmente o lançamento não teria saído e o gol dificilmente teria acontecido.


Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #53

Feitoria!!

Edição semanal do drops chegando com Fane Webber trazendo as manchetes da hora. Na pauta o Brasileirão e os empates contra Flamengo e Vasco, a final do eterno Gauchão contra o Caxias e os mais novos reforços que chegaram para o grupo principal.

Nos comentários, Gabriel Pinto e Anderson Kegler deixam seus pitacos embasados e de qualidade.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Analisa – Brasileirão + Everton

Saudações tricolores!

No programa de hoje vamos falar de alguns números do inicio do Grêmio no Brasileirão. A performance do time nos 4 jogos até agora ao qual seguimos invictos. Na pauta também a mais nova contratação, Everton.


Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

Hoje tem GRÊMIO x Flamengo

Ano passado fomos vencidos pelo Flamengo na Libertadores de forma acachapante!

Quem não lembra? 5×0 foi um massacre, porém, na modesta opinião deste que vos fala, foi um jogo atípico. Tudo deu certo para eles e nada pra nós. O que realmente perturbou foi o jogo do brasileirão na Arena. O Flamengo veio com os reservas, veio visivelmente desinteressado e nos venceu por 1×0. O GRÊMIO precisava daquela vitória para lavar a alma, mas não venceu.

Foi ali que pela primeira vez desconfiei do trabalho do clube. Ali eu fiquei “tá. mas nem dos reservas?”. Acredito que desde 2016 ou 2017 o GRÊMIO vem contratando mal e diminuindo sua capacidade técnica e tática.Talvez o Orejuela seja o primeiro acerto em anos. O jogo de hoje terá como pano de fundo um Flamengo em reestruturação e um GRÊMIO que precisa da vitória para não ficar já na 4ª rodada distante demais do líder.

Será um confronto difícil, mas o que me incomoda é que VALE OS MESMOS 3 PONTOS QUE VALIA O JOGO COM O CEARÁ!!!!!!!! Não consigo entender como ainda não perceberam que não importa de quem se vence no brasileirão, tudo vale a mesma coisa. 3 pontos! Se perdermos hoje, não será diferente de perder para o inter ou para o ASA de Arapiraca.

O campeonato de pontos corridos está posto faz 17 anos e o GRÊMIO ainda não entendeu. Lá no fim do campeonato, quando o líder estiver 257 pontos na frente, faltando 4 rodadas virão as tradicionais desculpas de que pobre não dá sorte na vida, de que é longe, de que tem muitos jogos, de que precisa de plantel, de que falta dinheiro… Não estou dizendo que temos obrigação de ganhar o brasileiro, só estou dizendo que nós perdemos quase todas as vezes para nossa inacreditável incompetência administrativa. 

Estão todos autorizados a discordar, mas duvido que tenham argumentos. Vamos torcer para uma vitória hoje, no jogo mais difícil até agora, pois precisamos compensar os pontos perdidos.


Anderson Kegler

Mesa de Bar do Grêmio #336

Falaaaa galera tricolor!

Edição completa do MBG chegando com Rodrigo de Azevedo, Fane Webber, Gabriel Pinto e Anderson Kegler.

Na pauta desse programa tem tudo sobre o GREnal da final do segundo turno. Comentários pertinentes sobre a grande vitória e também sobre a despedida do Éverton.

Ainda falamos de Gauchão, da estreia do Brasileirão e aquela corneta final de despedida do André.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

Tenho que admitir

Não dá pra negar e brigar com os fatos sempre, é preciso ter coragem e admitir quando você tem que dar razão para o outro. E nesse caso, quem tem que admitir e dar razão sou eu.

Admito: Não gosto desse modelo de jogo do Grêmio de circular a bola sem criatividade e ela eventualmente ir pra área achar o centr0avante. Mas…. Tá dando certo. Então, não brigo com os fatos e dou o braço a torcer para o Renato e principalmente para Diego Souza.

O jogador vem fazendo aquilo que se esperava dele, gols. Artilheiro isolado, parece estar sempre no lugar certo, na hora certa. No jogo pequeno, no Grenal, no início do Brasileirão.

E se tá dando certo, até colocar o guri Isaque fora de posição parece funcionar. Ele não vinha tão bem na partida, mas o posicionamento avançado em um ataque fez com que ele dentro da área desse a “assistência” para Diego SHOWZA fazer o gol da vitória na estreia.

O próximo jogo é lá em Fortaleza, contra o Ceará, na quarta. Não tem tempo para treinar e provavelmente seguiremos na DIEGODEPENDÊNCIA por uns bons meses. Que ele siga marcando e nos dando alegrias, que eu seguirei calando minha boquinha sem problema algum.


Gabriel Pinto