Renato não é técnico, mas…

Ora, obviamente critico o trabalho do Renato.

Sou gremista, gosto de futebol e vejo os erros do time em alguns jogos que poderíamos ter vencido. Não é fácil, mas são inevitáveis a crítica e a corneta, às vezes. Quando se trata de GRÊMIO sou mais passional do que gostaria, afinal torcer não é um ato racional. Porém, não cogito outro técnico a frente do TRICOLOR! Não consigo ver no Brasil outra pessoa capaz de comandar e controlar um grupo como faz Portaluppi.

O GRÊMIO nesses últimos anos, venceu títulos importantes e, principalmente, fez inúmeras campanhas consistentes! Não é fácil estar sempre entre os primeiros colocados, ainda mais com um calendário e orçamentos como os nossos.  O time mudou muito desde a Copa do Brasil de 2016 (que golaço do Luan contra o Cruzeiro, vocês ainda lembram?), ainda assim, com toda essa transição e com os inúmeros erros de contratação, Renato nos mantém sempre na ponta de cima de TODAS as competições. Poderíamos ter vencido mais alguma? Talvez, não sei. O difícil de ser campeão é que sempre há outro time que também quer a taça!

Vários técnicos muito festejados não resistem nem em clubes com menos pretensões e com torcidas menos fanáticas, o GRÊMIO é uma panela de pressão e aqui sempre se quer a Copa! O time está em transição, precisamos ter paciência. Vejam 2020 com todas as críticas, estamos na semi-final da Copa do Brasil e o Flamengo que é cantado em prosa e verso está fora, o Atlético-MG está fora, Santos está fora… Vamos analisar o desempenho geral às vezes, sair da análise pontual de um jogo. Brasileiro controlado e oitavas da Libertadores, não esqueçam que classificamos e primeiro do grupo. Ah, vencemos o gauchão, que não é nada, dizem, mas experimenta não ganhar…

Quando Adalberto Preis trouxe o Renato, lá em 2016, ouvimos inúmeras pessoas dizendo que Renato não era técnico, era motivador ou outro adjetivo depreciativo qualquer. Eu sempre achei que ele era o técnico que o GRÊMIO precisava para mudar uma história que se arrastava triste e cansativa. Ainda hoje acho isso! Renato não é técnico, mas está aí nos mantendo no famoso “outro patamar”, ou algum outro clube do Brasil está na mesma situação do GRÊMIO há tanto tempo? Acho que não.

Aos que acham que Renato já deu o que tinha que dar, pergunto: quem? E não me venham com técnicos que não deram certo nem em times nível série B.

Renato, na minha opinião, fica para 2021, 2022… 2025! Os entendidos que apresentem quem faça melhor. E peço categoricamente: sem soluções mágicas!


Anderson Kegler

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *