Podcast Corneta & Ranger de Dentes #01 – O Grêmio e a filosofia do rebaixamento; Romildo Bolzan Junior, o Thanos gremista

É isso gremistas, essa é a filosofia de Romildo Bolzan Junior, o Thanos tricolor, que venceu a Libertadores e trouxe o equilíbrio com um novo rebaixamento.

Este é o primeiro episódio do novo podcast do Mesa de Bar do Grêmio: o Corneta & Ranger de Dentes. Com produção, roteiro e edição de Fane Webber, trazemos na pauta a filosofia implementada por Romildo Bolzan Junior que trouxe o equilíbrio entre as conquistas e os fracassos.

Escute e espalhe a palavra do MBG.

MBG Live #34 – O Grêmio é dos dirigentes

Saudações tricolores! O Grêmio caiu para a Série B e no derradeiro programa do ano, vamos debater as causas e consequências de uma gestão desastrosa no futebol.

Gabriel Pinto, Anderson Kegler e Rodrigo Azevedo destrincham os problemas que trouxeram o Grêmio até aqui e debatem a arrogância dos dirigentes que comandam o tricolor.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Live #33 – Romildo e o projeto do Grêmio

Saudações tricolores! No programa semanal de debate falamos do Romildo e o projeto do Grêmio que está sendo concluído com sucesso.

Na mesa, Gabriel Pinto, Fane Webber e Anderson Kegler tecem comentários acerca do empate contra o Corinthians, a situação calamitosa no Brasileirão e o pingo de esperança que ainda resta para salvar o ano do tricolor.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Live #32 – Grêmio e a batalha dos afligidos

Saudações tricolores! Mais uma edição do debate semanal para tratar da angústia que é sofrer com mais derrotas do Grêmio.

Gabriel Pinto, Anderson Kegler, Rodrigo Azevedo e Fane Webber trazem na pauta a sequência final do Brasileirão e o que o Grêmio tem que fazer para tentar evitar o rebaixamento. Também colocamos a desastrosa entrevista coletiva do dirigente tricolor na pauta e fazemos uma análise embasada sobre o que acontece com o tricolor.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Live #31 – A esperança gremista é a última que morre

Mais um MBG gravado ao vivo sob o comando de Gabriel Pinto e participações de Anderson Kegler, Fane Webber e Rodrigo Azevedo para renovar as esperanças do tricolor para sair do rebaixamento.

Ou não.

Na pauta do programa a sequência de duas vitórias no Brasileirão que deram um alento ao torcedor e as duas próximas rodadas para tentar manter o bom desempenho e escapar do perigo maior neste final de campeonato.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #83 – Corneta e ranger de dentes

Feitoria!

Mais um MBG Drops com Fane Webber consolando o torcedor gremista rumo ao rebaixamento. Projeto de Romildo Bolzan que vem sendo concluído com sucesso.

Nos comentários dessa semana, Gabriel Pinto e Anderson Kegler trazendo análises embasadas da melancolia e tristeza do momento torcedor tricolor.

Ouça e espalhe a palavra do MBG.

Podcast Mesa de Bar do Grêmio #346 – As 10 contratações mais caras do tricolor

O que não falta é cifra alta e qualidade baixa nos top 10 jogadores mais caros da história do Grêmio.

Fala galera tricolor! Mais um Podcast do Mesa de Bar do Grêmio para deixar registrado na história os assuntos mais importantes deste século. Neste programa, Rodrigo Azevedo comanda a mesa com os participantes Gabriel Pinto, Anderson Kegler e Fane Webber.

Na pauta desse podcast, listamos as 10 contratações mais caras da história do Grêmio e trazemos uma análise aprofundada de cada um dos jogadores que chegaram ao tricolor rendendo furos no cofre gremista. Números, dados, eficiência e custo x benefício dos jogadores mais caros que já vestiram e vestem a camisa do Grêmio.

Vem com a gente, ouça e espalhe a palavra do Mesa de Bar do Grêmio.

MBG Live #30 – Grêmio sem rumo

Saudaç˜ões tricolores!

No debate semanal, Gabriel Pinto, Anderson Kegler, Rodrigo Azevedo e Fane Webber procuram terra no oceano gremista enquanto o barco tricolor navega sem rumo.

Na pauta do programa as derrotas para o Atlético MG, para o Inter e o que resta de Campeonato Brasileiro para o Grêmio tentar o último milagre para escapar do rebaixamento.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

Grêmio e o caminho da queda para a Série B

O caminho do Grêmio está sendo pavimentado com suor e lágrimas dos que menos merecem o que está acontecendo: o torcedor. 

É muito fácil analisar o fracasso depois que ele acontece: vemos todas as falhas, percebemos em quais encruzilhadas escolhemos o caminho errado, quais foram os momentos que deixamos de nos dedicar e onde investimos quando deveríamos economizar. 

É uma série de fatos que nos leva à derrocada, ninguém acorda um belo dia e perde tudo. A queda é igual à ascensão, acontece lentamente e não de uma hora para outra.

Na hora que tudo dá errado sempre surgem os gladiadores do “eu avisei”, os bastiões do “eu nunca fui a favor dessas decisões”, os leões da “só não falei para preservar a instituição”, os guerreiros do “precisamos oxigenar” e os ferozes combatentes que lutam sob os estandartes do “sempre alertei, mas era silenciado por uma maioria que se beneficiava”. 

Fico até um pouco triste ao ver que ao fim e ao cabo a oposição só é uma situação que não está no poder. Desde que acompanho o GRÊMIO são sempre as mesmas pessoas dizendo as mesmas coisas e tomando as mesmas atitudes. 

Não julgo ninguém, afinal cada um faz o que é capaz de fazer. 

Eu, por exemplo, nunca trabalhei no GRÊMIO. Eu nunca fiz parte de nenhuma gestão e nem fiz algo além do que os leitores sabem: textos, áudios, podcasts e brigas homéricas com o meu amigo Fane Webber. De resto sou apenas um torcedor palpiteiro como qualquer outro. 

Porém, é bem chato ver pessoas que deveriam ter se posicionado quando tiveram a chance. Pessoas essas que aparecem neste momento e estão se colocando como opção de mudança. 

Mas essa é só minha opinião, talvez eu esteja errado, normalmente estou, apesar dos fatos coincidirem com o que eu digo.

O Mesa de Bar do GRÊMIO ™ vem avisando que o GRÊMIO está perdido faz tempo. Se buscarem os programas do ano passado, já dizíamos que havia algo de muito errado nas contratações e comandos do clube. Acredito que devem haver falas nesse sentido desde a queda da Libertadores de 2019. Eu, particularmente, achei que o GRÊMIO deveria ter passado por uma forte reestruturação após a derrota para o Flamengo por 1×0 na Arena em 2019. Eles vieram com um time reserva, nós fomos com força máxima em casa e perdemos. Não podia estar indo por um bom caminho.

As contratações do clube nos últimos cinco anos são todas questionáveis. Mesmo aquelas algumas poucas que deram alguma resposta não são contratações dignas de quem busca a excelência. Dizem as más línguas que o Renato mandava e desmandava no departamento de futebol. Ora, se isso é verdade, me  parece que é pior ainda do que parece. Permitir um domínio completo do departamento de futebol só mostra mais ainda que a atual gestão viveu de um trabalho de curto prazo realizado na segunda metade de 2016 e que todos os sucessos foram por puro acaso. 

A queda para a segunda divisão não é uma casualidade, não é uma tragédia que possamos atribuir a quem quer que não seja o próprio GRÊMIO. É um trabalho lento e gradual que foi traçado e pensado. Analisem as direções do nosso futebol nos últimos anos e me digam se tinha como dar certo.

A torcida invadiu o campo no jogo contra o Palmeiras. Foi uma atitude errada de um grupo que está indignado, mas vai prejudicar o GRÊMIO. 

Mesmo assim, devemos considerar que a atual gestão, com certeza, prejudicou bem mais.

Tudo isso, ou não.

Anderson Kegler

MBG Drops #82 – Dia dos mortos e o Grêmio morreu

Feitoria!

Nessa semana o MBG vem com Drops na apresentação de Fane Webber. Traz na pauta mais uma derrota no Campeonato Brasileiro e o triste fim do Grêmio de Romildo Bolzan Jr.

Os comentários ficam a cargo de Gabriel Pinto e Anderson Kegler que dissertam teses para apontar os fatores que nos levam a conclusão do projeto série b.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Live #28 – Atletico GO 2 x 0 Grêmio

Saudações tricolores!

Pela primeira vez na história do Mesa de Bar do Grêmio, fizemos um MBG Live DURANTE o jogo do tricolor. Isso mesmo, Gabriel Pinto, Fane Webber, Anderson Kegler e Rodrigo de Azevedo narrando e comentando o segundo tempo da derrota para o Atlético GO pelo Brasileirão.

Além de REAGIR ao jogo, falamos dos dirigentes, do legado do Renato, do péssimo desempenho dos jogadores e até das categorias de base.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Live #27 – Mancinismo e a vitória no Brasileirão

Saudações tricolores!

No debate semanal do Mesa de Bar do Grêmio, Gabriel Pinto, Rodrigo Azevedo, Anderson Kegler e Fane Webber discutem a chegada dos novos dirigentes e do Vagner Mancini como treinador do clube.

Na pauta a vitória sobre o Juventude, o desempenho do Grêmio e a sequência para sair da zona do rebaixamento no Brasileirão.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

O Projeto do Grêmio segue em curso: a queda para a série B

Ninguém investe tão mal e junta tanta gente incompetente no mesmo lugar sem um mínimo de planejamento.

Mais uma derrota, mas essa é a típica derrota que derruba time. 

O GRÊMIO perdeu para o Santos e para o Fortaleza (um time muito bem organizado e com bom futebol) com aquele brilho eterno do rebaixamento.  Jogamos bem. Atacamos bastante e o time tocou a bola. Eram outros jogadores, muitos jogando no local certo para suas habilidades (que são poucas é verdade, mas onde ao menos não prejudicam tanto o time) e igualmente perdemos. Clube grande é isso aí quando emenda a queda para a série B e não sabe onde está o erro, ela é inevitável.

Mas vamos pensar mais para trás, repetindo o que temos dito em textos e nos gloriosos programas do podcast Mesa de Bar do GRÊMIO, essa queda para a Série B é um projeto de clube! É uma ideia pensada e trabalhada nos últimos anos que reflete nas contratações, nas vendas, na maneira de gerenciar e na escolha de gestores. 

Calma lá, caro leitor, não fique assim tão aborrecido comigo! Estou apenas listando o óbvio. Analise todas as decisões do clube. Em todas as áreas do clube. Por todos esses últimos anos… Agora me diga, retirando a típica cegueira do torcedor apaixonado: de forma geral, o GRÊMIO é bem administrado em qual área? Escolha uma área e me informe. Estou aberto ao debate. Use aqui a área dos comentários. 

Mas, por favor, não use do subterfúgio clássico do brasileiro ao se deparar diante desse tipo de patetada que é afirmar ser “melhor assim que não ter nada!”.

Voltando ao futebol do nosso Grêmio. Penso que ainda é possível escapar do rebaixamento, mas eu não saberia como fazer. Os jogadores são limitadíssimos ou estão se fazendo de limitadíssimos, o que tem o mesmo resultado. Eles não dominam uma bola, os chutes a gol lembram de craques da 7ª série em torneio de pré-férias do primeiro semestre, os passes e as saídas de bola mostram que, ou não treinam ou não sabem executar. A forma física de alguns jogadores é lamentável, tem quem esteja gordo! Não há problema algum em ser gordo, mas não dá para ser atleta profissional e estar gordo, fora no sumô ou alguma outra arte marcial que exija peso. 

Então o que isso quer dizer? Quer dizer que o GRÊMIO contratou jogadores sem perfil de atletas e sem comprometimento. Por mais que o técnico seja ruim, por mais que time esteja desorganizado, por mais que o salário não esteja em dia – o que não é o caso – estar fora de forma é responsabilidade do atleta. E atleta é responsabilidade de quem o contratou. O atleta não chegou ali sozinho, não acordou pela manhã e disse: vou ser meio campo do GRÊMIO hoje! 

É preciso responsabilizar quem contrata, quem avaliza e quem paga. Claro, que podemos reclamar dos jogadores, não estou dizendo o contrário, só acho que eles estão ali porque foram colocados ali.

O GRÊMIO está fazendo uma reengenharia no departamento de futebol, isso me leva a outra pergunta: uma gestão que está posta desde 2015 (?) não conseguiu ter um departamento de futebol adequado? Porque são sempre os mesmos que rondam o departamento de futebol? E se cairmos, serão dois títulos contra três rebaixamentos em 50 anos de campeonato. Tem algo que não é bem feito por ali ou estou enganado? 

Na minha modestíssima opinião, de quem não trabalhou no GRÊMIO e não tem uma lista incontável de serviços prestados que garantem sempre cargos para continuar aumentando essa lista, um time que se considera grande, e é grande, não pode estar toda hora nesta situação patética. Porque ano a ano o GRÊMIO comete erros e mais erros que tiram dele a chance de ser campeão. Erros esses que são sempre os mesmos e, geralmente, cometidos pelas mesmas pessoas.

Talvez a gente escape, talvez tenhamos que buscar pessoas que realmente já fizeram algo pelo clube, mas certamente não aprenderemos nada com isso e em breve estaremos de novo nesta situação.

Ou não.

MBG Live #25 – Derrota, Douglas Costa e Grêmio no ZR

Saudações tricolores.

No programa da semana, Gabriel Pinto, Anderson Kegler, Rodrigo Azevedo e Fane Webber debatem mais uma derrota no Brasileirão. Na pauta também a atuação de Douglas Costa, do elenco e da situação do Grêmio na zona de rebaixamento por mais uma rodada.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

O Grêmio e o superávit do rebaixamento

Uma análise de como é possível rebaixar um clube pagando os jogadores em dia

Pode parecer um pouco cedo para uma previsão tão catastrófica, mas o caminho parece trilhado e não se vê desvios de rota que nos tire do fim previsível.

O GRÊMIO está jogando mal e na minha modesta opinião de torcedor – porque o GRÊMIO é tão cheio de grandes entendedores com grandes serviços prestados que é até perigoso dar alguma opinião sem ofender os doutos gênios da administração futebolística – somos o pior time do brasileirão. E por que somos o pior time? Somos porque temos a folha de pagamento altíssima e em dia e apresentamos um futebol digno de parte de baixo da tabela da série C.

Segundo corre a lenda das finanças pagamos sem atraso e excelentes salários. Então, resta-nos perguntar: por que é tão ruim o time do GRÊMIO? Vamos combinar aqui, só entre nós torcedores, é um fiasco lamentável a cada jogo. Não falo exclusivamente do jogo contra o Sport, que tem uma boa defesa, conta com Rafael Thyere que aqui era execrado, mas falo do campeonato todo. Alguns culpam o Felipão, outros culpam os jogadores, outros culpam a direção. Bem, eu compactuo com aqueles que culpam a direção do GRÊMIO, afinal nenhuma das outras peças estaria aí se não houvesse a anuência da direção.

O GRÊMIO parece estar fortemente dedicado ao projeto do rebaixamento, não é de hoje. Desde 2017, o GRÊMIO só piorou o time, todos os jogadores são piores que aqueles que venceram a Copa do Brasil/Libertadores da América. Sempre trocamos uma peça por outra inferior em termos de qualidade, porque o salário parece o mesmo. Contratamos mal demais, jogadores caríssimos com um futebol lamentável. Não vou fazer listas, puxem vocês pela memória. Podem culpar quem quiserem, mas eu culpo quem assina o contrato. Não há um projeto de time, ou uma ideia de futebol, ou uma mínima noção do que se pode fazer com o valor que se pode gastar. Superavit é fácil, vendo o Cebolinha e contrato alguém bem pior e pronto, está feito o lucro.

Não adianta fazermos o que está tão na moda nesses loucos dias de teletrabalho, olhar a Premier League e acreditar que podemos jogar como os clubes de lá, não há material humano para isso, não com o nosso orçamento. Podemos pagar jogadores bem inferiores técnica e animicamente. O Brasil é um mar de jogadores sem vontade e sem capacidade de treinar, se treinam muito ficam tristes e começam a não jogar, derrubar técnico, ou estou errado? Não é possível que os técnicos não queiram treinar o time, ou treinem para apresentar o que apresentam. Se bem que os nossos técnicos, de forma geral, são iguais aos jogadores que estão por aqui. É a máxima: se fosse bom mesmo não tava no Brasil, né? Com a Libra a 7 reais e o Euro a 6, fica difícil acreditar que alguém está aqui porque quer. Até os mais aclamados no brasileirão são ruins demais.

Mas ao voltemos ao título do texto, afinal é o que importa! O GRÊMIO será o primeiro clube rebaixado sem crise financeira na história do brasileirão, eu acho. Parece difícil de crer, mas é aquela nossa eterna confusão sobre o conceito de profissional. Profissional não é só trabalhar por dinheiro, é apresentar resultados condizentes com o que recebe, no mínimo. O GRÊMIO não apresenta, ou estou errado?

Fica a reflexão: de que adiantam contas em dia se o resultado de campo é de quem não as tem? Em resumo o GRÊMIO é um emaranhado de escolhas erradas, sejam elas por puro desconhecimento do que se faz ou por má vontade mesmo.

Enfim, por enquanto é isso, um texto meio confuso, como o time do GRÊMIO.

Mesa de Bar do Grêmio #345 – Habladores del Grêmio

Fala galera tricolor! Podcast Mesa de Bar do Grêmio chega para uma edição especial.

Ao som de música latina Rodrigo Azevedo comanda o debate com participações de Gabriel Pinto, Fane Webber e Anderson Kegler.

E como o próprio título do podcast diz, essa edição traz pra pauta aqueles jogadores que hablaram no Grêmio. Jogadores estrangeiros que vestiram a remera tricolor e se tornaram ícones no clube, pro bem e pro mal.

Relembramos os principais nomes que passaram pelo Grêmio de maneira rápida e marcante, também os que passaram de maneira lenta e sofrida. São tantos nomes que conseguimos montar uma escalação dos piores e dos melhores times de jogadores estrangeiros.

Los Peores:

Mesa de Bar do Grêmio #345 - Habladores del Grêmio

E Los Mejores:

Mesa de Bar do Grêmio #345 - Habladores del Grêmio

E aí, concordam com os nomes escolhidos? Ouçam o programa e desfrutem deste grande momento do Mesa de Bar do Grêmio.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Live #24 – Brasileirão, zona de rebaixamento e Douglas Costa

Saudações tricolores!

Nesse programa semanal Gabriel Pinto, Fane Webber, Anderson Kegler e Rodrigo Azevedo debatem mais uma derrota tricolor no Brasileirão. A permanência na zona de rebaixamento e o desempenho do Grêmio também estão na pauta.

Ainda falamos corneteamos a diretoria, o Douglas Costa e quem mais estiver pelo caminho.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Live #23 – Grêmio vence o Flamengo no Brasileirão

Saudações tricolores!

Podcast semanal chegando com Gabriel Pinto, Fane Webber e Anderson Kegler para enaltecer a grande vitória do Grêmio sobre o Flamengo no Brasileirão. Com gol de Borja e uma atuação aguerrida, o Grêmio vence e convence.

Ouça e espalhe a palavra do MBG.

MBG Live #22 – Maicon, Brasileirão e Copa do Brasil

Saudações tricolores!

No programa da semana, Gabriel Pinto, Anderson Kegler, Fane Webber e Rodrigo Azevedo fazem suas despedidas para o Maicon, debatem a vitória e evolução tricolor no Brasileirão e por fim comentários acerca do confronto da volta contra o Flamengo pela Copa do Brasil.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #81

É na base do ódio!

O MBG faz podcast há 10 anos e já passamos por tudo que o Grêmio nos propiciou nesse período todo. Exceto isso que passamos agora. O FIASCO em sequência. A HUMILHAÇÃO como rotina.

Fane Webber, Gabriel Pinto e Anderson Kegler exercitam o músculo forte do torcedor: a corneta. Na pauta mais uma derrota fiasquenta para o Flamengo com dedos em riste apontados para os culpados.

Vamos na base do ódio escutar e espalhar a palavra do MBG.