Mesa de Bar do Grêmio #337

Falaa galera tricolor!

MBG completaço chegando nessa semana maravilhosa de mais uma vitória em GREnal.

Rodrigo de Azevedo comanda o programa com Fane Webber e Gabriel Pinto nos comentários. Na pauta o GREnal da Libertadores, os 10 jogos invictos e a sequência na Libertadores.

Ainda falamos também das #guriasgremistas no Brasileirão A1.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #54

Feitoria!

Drops da semana com Fane Webber trazendo as notícias do título do Gauchão após a derrota para o Caxias, a vitória das gurias no Brasileirão A1 e mais comentários pertinentes.

No programa, Gabriel Pinto, Anderson Kegler e Bruno Dornelles deixam seus pitacos e expectativas para a sequência da temporada.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Analisa – #guriasgremistas

Saudações tricolores!

MBG Analisa dessa semana abordando o retorno do Campeonato Brasileiro A1 com as #guriasgremistas.

Depois de uma longa pausa o Brasileirão feminino retorna e o Grêmio que tem 3 vitórias e 2 derrotas na competição, vai a Belo Horizonte enfrentar o Cruzeiro nesse recomeço.

No programa falamos um pouco dos números até aqui e também da expectativa para esta volta. Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #46

Fala galera tricolor!!

MBG Drops chegando com Rodrigo de Azevedo no comando com as participações da Debora Capellari, Anderson Kegler, Gabriel Pinto e Fane Webber.

Na pauta, futebol feminino e a derrota das gurias para o Santos, a triste lembrança de Valdir Espinosa, Gauchão e a vitória na estreia da Libertadores.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG

Intensidade contra as favoritas

Ontem tive a oportunidade de acompanhar as #guriasgremistas no jogo contra o Santos pela TV.

Temos que dar os parabéns pra Band que está transmitindo o futebol feminino e bem provavelmente por causa do Santos, passaram o jogo. Mas também não podemos deixar de lamentar o horário do certame: 14 horas. Num domingo de sol em Novo Hamburgo. Nem é preciso se alongar pra dizer que o futebol perde qualidade nessas condições.

Dentro de campo o que vi foi um Grêmio bastante seguro e intenso na marcação, não dando espaço para as meninas santistas. Ainda no primeiro tempo tivemos um chutaço na trave com a Pri e um certo controle de jogo. No segundo tempo a história mudou um pouco e o time foi cansando, deixando mais espaços e acabou dando dois vacilos fatais. No primeiro, um escanteio que a Ju Oliveira foi enganada pela bola e cabeceou contra o gol. O 1 a 0 contra pesou no ombro das jogadoras e num vacilo em um lateral, deixaram espaço para a atacante santista conduzir pelo meio e acertar um chute de fora da área. Golaço e 2 a 0 pro Santos.

O Grêmio teve chances de gol, tinha até um certo espaço na defesa santista, mas parece que faltou um pouco mais de qualidade e experiência para pelo menos ter segurado o empate contra um time favorito do campeonato.

Não dá pra tocar a corneta nesse time ainda em formação, com pouco apoio e muita vontade. O Santos é favorito ao título e ter segurado com boas condições por quase 70 minutos de jogo já pode ser visto com bons olhos e tomarmos lições positivas.

A corneta a gente pode tocar no clube Grêmio mesmo, que praticamente quase 24h horas depois do jogo ainda não tem uma noticiazinha sequer no site oficial. Enquanto estava escrevendo esse texto fui atrás da ficha técnica do jogo e só encontrei no site do Santos. Uma pena que o Grêmio seja pequeno demais pra isso.

Seguimos.


Gabriel Pinto