Grenal, uma derrota lamentável

O GRÊMIO perdeu o GREnal de forma lamentável.

O adjetivo serve para que o leitor pense livremente sobre os motivos que deram causa a derrota. Não vou me aprofundar, mas foi lamentável…

A questão agora é outra. Se vencer o Flamengo, o GRÊMIO entrega a taça para o maior rival, se não vencer ameaça sua estada na Libertadores.

Corremos um risco e tanto.

Pensem no cenário: GRÊMIO perde para o Flamengo, se complica e acaba não ficando no G6, Santos campeão da Libertadores e nós não somos campeões da Copa do Brasil e o inter é campeão brasileiro. Não tem nada de tragédia nisso, é um cenário bem possível e provável de ocorrer considerando os últimos acontecimentos.

Claro, sempre pode ser tudo diferente, mas não sei não… ando preocupado com o momento do GRÊMIO, aliás, ando preocupado com o momento desde de que perdemos para o Flamengo em 2019, e não na Libertadores, mas no jogo do brasileirão que eles vieram com meio time reserva e levamos 1×0 em casa.

As contratações do GRÊMIO tem sido lamentáveis, em sua maioria. Vamos torcer para que as da próxima temporada não sejam.


Anderson Kegler

MBG Drops #69

Feitoria!

Cabeça quente, full pistola, corneta 100%. Esse é o drops dessa semana após a derrota no GREnal.

Fane Webber, Gabriel Pinto, Anderson Kegler, Rodrigo Azevedo e Fernando Risch deixam seus comentários completamente transtornados sobre o Brasileirão e o que nos espera neste resto de temporada.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Live #03 – Grêmio 1 x 1 Atlético MG

Saudações tricolores!

Mais um MBG Live gravado após o confronto entre Grêmio x Atlético MG pela rodada 31 do Campeonato Brasileiro. Mais um empate no campeonato e mais corneta para ser tocada.

Gabriel Pinto apresenta o programa com participações de Anderson Kegler e Fane Webber.

Na pauta do programa também as expectativas para o GREnal da próxima rodada e o debate sobre para onde o Grêmio vai nessa reta final do Brasileirão.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #68

Feitoria!!

Drops da semana com Fane Webber trazendo os pitacos do Brasileirão.

Felipe Nabinger, Gabriel Pinto, Anderson Kegler e Rodrigo de Azevedo deixam suas impressões acerca do empate contra o Palmeiras, as expectativas e esperança de vitória nos confrontos contra o Atlético MG e Internacional.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

O cansativo e repetitivo problema

Ora, estamos diante das últimas rodadas do brasileirão, quem vê a classificação hoje entende o quão ela dói em nós gremistas.

O Grêmio, como sempre, erra na estratégia do campeonato de pontos corridos. Reservas e/ou displicência em jogos fáceis e titulares em jogos difíceis. Como se vencer o Grenal não nos desse os mesmos 3 pontos do jogo contra o Ceará na segunda rodada. Todo mundo repete esses mantras há anos, mas sempre que chega a hora nada acontece, se repete o mesmo e cansativo erro. Não é essa gestão e esse técnico, é sempre! Talvez com exceção de 2008, quando perdemos por incompetência do time, o GRÊMIO desperdiça chances de ser campeão brasileiro por estratégia equivocada, eu acho.

Sou fã das copas, prefiro-as também. Tem mais gosto vencer no mata-mata que no ponto corrido, para mim ao menos. Mas ver a oportunidade se esvaindo entre os dedos por menosprezar ou não identificar as chances… cansa.

Já escrevi e falei diversas vezes que o nosso problema como futebol é que administramos de forma amadora e queremos resultados profissionais. Ser profissional não é só receber salário para fazer algo.

Não pensem que quero a troca de comando no GRÊMIO, acredito que estejamos com uma das melhores administrações que o clube já teve, mas precisamos de alguns ajustes para chegar ao real potencial.

Por hoje era isso.


Anderson Kegler

MBG Drops #67

Feitoriaaaa!

Ano novo, futebol velho. MBG Drops da semana chegando com Fane Webber num MONÓLOGO de qualidade.

Na pauta os dois jogos iniciais do ano pelo Brasileirão. Vitória contra o Bahia e empate contra o Fortaleza. Comentários de Gabriel Pinto e Anderson Kegler.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG neste 2021.

MBG Live #02

Saudações tricolores!

Live #02 do MBG gravada ao vivo no pós-jogo da semifinal da Copa do Brasil. Empate no Morumbi e o Grêmio garantiu a classificação para mais uma final.

Gabriel Pinto, Fane Webber, Anderson Kegler e Rodrigo de Azevedo fazem a análise do jogo, a boa atuação de Diogo Barbosa, da eficiência da defesa tricolor, da dependência de Alisson e a perspectiva para a grande final da Copa do Brasil contra o Palmeiras.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG no Ano Novo!

MBG Drops #66

Feitoria!!

Fane Webber traz para os ouvintes aquele comentário semanal curto e grosso. Na pauta de hoje o último jogo do ano pelo Campeonato Brasileiro na vitória contra o Atletico GO, a volta de Alisson e as estreias de Ruan e Vanderson no elenco principal.

Nos comentários Anderson Kegler, Felipe Nabinger e Fernando Risch deixam seus pitacos embasados e coerentes.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

Mesa de Bar do Grêmio #340

Faaala galera tricolor!

Mesa de Bar do Grêmio DE NATAL. Completo em edição extendida com Rodrigo de Azevedo, Gabriel Pinto e Anderson Kegler.

Pauta do programa:

  • Envelhecimento do elenco? Cascudos vs dinamismo
  • Todo final de temporada: Renato, sai ou fica?
  • Arena do Grêmio: 8 anos de lembranças e memórias boas

Nesse final de ano, o MBG renova as esperanças (e a corneta) junto com o tricolor e deseja a todos os ouvintes um 2021 de saúde e títulos.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Live #01

Saudações tricolores!

Iniciando um novo produto, o MBG apresenta o Live #01. Podcast gravado ao vivo no pós-jogo da semifinal da Copa do Brasil.

Gabriel Pinto, Fane Webber e Anderson Kegler comentam em tempo real o final da vitória do Grêmio contra o São Paulo. Análise de partida, corneta nos jogadores, panetone e muita alegria.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

O que podemos aprender na eliminação da Libertadores para superar na Copa do Brasil

Não é fácil superar uma eliminação na Libertadores, especialmente contra uma equipe que tem hoje menos condições que o Grêmio.

Mas o fato é que o Grêmio foi ridiculamente superado pelo Santos e se na primeira partida a gente pode aprender algumas lições, a segunda partida deixou mais claro isso. E entender esses dois jogos são fundamentais para conseguirmos avançar a mais uma final de Copa do Brasil. Vou trazer apenas duas que pude observar com clareza:

Primeira lição: Intensidade e linhas altas

O Santos marcou em cima, encaixou os jogadores e avançou as linhas. Não vou detalhar aqui pois o twitter do @Analixta já fez muito bem a análise em outro jogo, que serve da mesma maneira.

O São Paulo, adversário da semi-final, joga muito com linhas avançadas e apesar de não encaixar tanto a marcação por atuar nas zonas, a intensidade de pressão na bola é o ponto forte.

Segunda lição: Jogadores fora de posição

No jogo da volta aconteceu isso com maestria. Jean Pierre recua pra segundo homem do meio após a entrada de Pinares. Depois quem sai é o David Braz e entra o Churin, aí Matheus Henrique recua pra linha de zaga.

Ora, se o nosso melhor Jean Pierre é que atua lá mais perto do gol e Matheus Henrique tem uma chegada forte na entrada da área dando suporte para passe e conclusão, por que recuá-los? Para colocar jogadores de qualidade duvidosa mais na frente?

O adversário da vez

O São Paulo, treinador há mais de 1 ano pelo Fernando Diniz, não me parece o time que irá fazer como o Santos. Mudar o esquema para surpreender não é muito do feitio do técnico tricolor paulista.

Sendo assim, veremos um São Paulo com intensidade e pressão no jogador que tiver a bola. Linhas altas e construção de jogo pelo chão.

Como o Grêmio pode se aproveitar disso?

Jogar EXATAMENTE como o Santos fez contra o Grêmio. Linhas mais altas, encaixar a marcação e ser efetivo no ataque de maneira rápida aproveitando os espaços do adversário. Que vão surgir.

Na defesa, se fechar, como o Santos fez. Intensidade absurda e linhas bem compactas e próximas.

Vamos avançar jogando dessa maneira? Não sei, mas me parece uma estratégia pontual a fim de segurar o líder do campeonato brasileiro e garantir mais uma vez a vaga na final da Copa do Brasil.

Seguimos.


Gabriel Pinto

MBG Drops #65

Feitoria!!

Drops da semana chegando com Fane Webber para falar de Brasileirão, o empate contra o Goiás e mais uma partida de invencibilidade.

Os comentaristas Feg Risch, Gabriel Pinto, Diovan Charão e Anderson Kegler deixam seus pitacos também sobre a Libertadores. O empate frustrante na Arena e o jogo decisivo na Vila Belmiro estão na pauta.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #64

Feitoria!!

Drops da semana chegando para falar do Grêmio INVICTO há muito tempo que nem lembro mais.

Fane Webber, Anderson Kegler e João Hernandez deixam seus pitacos sobre mais uma vitória tricolor no Brasileirão, o G4, a malemolência do meio campo e as expectativas para as quartas-de-final da Libertadores contra o Santos.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

Mesa de Bar do Grêmio #339

Falaaaa galera tricolor!

Edição completa do MBG chegando com Rodrigo de Azevedo, Fane Webber, Gabriel Pinto e Anderson Kegler.

Na falta do que cornetear no time, pautamos cornetas específicas nos GOLEIROS do Grêmio. Do que vivem, se alimentam e onde borboleteiam a cadeia tricolor de guarda-metas. Do profissional até a base.

Também analisamos embasadamente o nível de AMOR E ÓDIO ao treinador Renato Portaluppi. O maior técnico da história tricolor passa na lâmina afiada dos comentaristas.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #63

Feitoria!!

Fane Webber e Gabriel Pinto gravaram uma LIVE no instagram para o drops dessa semana. Na pauta a vitória importantíssima e belíssima contra o Guarani no Paraguai, a sequência invejável de invencibilidade e a falta de corneta na meiuca tricolor.

Para quem quiser nos ver, acessa o Instagram do MBG. Se não, ouve aqui ou nos players de podcast disponiveis.

Espalhe a palavra do MBG.

Renato não é técnico, mas…

Ora, obviamente critico o trabalho do Renato.

Sou gremista, gosto de futebol e vejo os erros do time em alguns jogos que poderíamos ter vencido. Não é fácil, mas são inevitáveis a crítica e a corneta, às vezes. Quando se trata de GRÊMIO sou mais passional do que gostaria, afinal torcer não é um ato racional. Porém, não cogito outro técnico a frente do TRICOLOR! Não consigo ver no Brasil outra pessoa capaz de comandar e controlar um grupo como faz Portaluppi.

O GRÊMIO nesses últimos anos, venceu títulos importantes e, principalmente, fez inúmeras campanhas consistentes! Não é fácil estar sempre entre os primeiros colocados, ainda mais com um calendário e orçamentos como os nossos.  O time mudou muito desde a Copa do Brasil de 2016 (que golaço do Luan contra o Cruzeiro, vocês ainda lembram?), ainda assim, com toda essa transição e com os inúmeros erros de contratação, Renato nos mantém sempre na ponta de cima de TODAS as competições. Poderíamos ter vencido mais alguma? Talvez, não sei. O difícil de ser campeão é que sempre há outro time que também quer a taça!

Vários técnicos muito festejados não resistem nem em clubes com menos pretensões e com torcidas menos fanáticas, o GRÊMIO é uma panela de pressão e aqui sempre se quer a Copa! O time está em transição, precisamos ter paciência. Vejam 2020 com todas as críticas, estamos na semi-final da Copa do Brasil e o Flamengo que é cantado em prosa e verso está fora, o Atlético-MG está fora, Santos está fora… Vamos analisar o desempenho geral às vezes, sair da análise pontual de um jogo. Brasileiro controlado e oitavas da Libertadores, não esqueçam que classificamos e primeiro do grupo. Ah, vencemos o gauchão, que não é nada, dizem, mas experimenta não ganhar…

Quando Adalberto Preis trouxe o Renato, lá em 2016, ouvimos inúmeras pessoas dizendo que Renato não era técnico, era motivador ou outro adjetivo depreciativo qualquer. Eu sempre achei que ele era o técnico que o GRÊMIO precisava para mudar uma história que se arrastava triste e cansativa. Ainda hoje acho isso! Renato não é técnico, mas está aí nos mantendo no famoso “outro patamar”, ou algum outro clube do Brasil está na mesma situação do GRÊMIO há tanto tempo? Acho que não.

Aos que acham que Renato já deu o que tinha que dar, pergunto: quem? E não me venham com técnicos que não deram certo nem em times nível série B.

Renato, na minha opinião, fica para 2021, 2022… 2025! Os entendidos que apresentem quem faça melhor. E peço categoricamente: sem soluções mágicas!


Anderson Kegler

MBG Drops #62

Feitoria!!

Drops da semana chegando com Fane Webber no comando trazendo os pitacos embasados sobre o tricolor. Ainda os comentários de Anderson Kegler, Diego Ferraz, Gabriel Pinto e Feg Risch.

Na pauta o Brasileirão, a sequência de vitórias interrompidas, corneta no Renato, a estreia de Pinares e a expectativa para a Libertadores.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #61

Feitoria!!

MBG chegando na semana com Fane Webber comandando o programa recheado de vitórias e alegrias.

Diovan Charão e Bruno Dornelles deixam os pitacos sobre a sequência de DECOLAGEM do tricolor no Brasileirão e também na Copa do Brasil.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Drops #60

Feitoria!!

Drops da semana trazendo assuntos atualizadíssimos do tricolor. Fane Webber comanda o programa que traz Diovan Charão, Anderson Kegler, Gabriel Pinto e Rodrigo de Azevedo nos comentários.

Na pauta o Brasileirão, a DECOLAGEM tricolor, a Copa do Brasil e o confronto contra o Cuiabá pelas quartas-de-final.

Ouçam e espalhem a palavra do MBG.

MBG Analisa – Brasileirão Feminino

Saudações tricolores.

No MBG Analisa dessa semana trazemos breves comentários sobre a digníssima eliminação do Grêmio no Brasileirão Feminino. Os confrontos contra o Corínthians e os números finais do tricolor na competição.

Ouçam, espalhem, fortaleçam o futebol feminino no MBG.